Inpa promove Semana do Meio Ambiente com atividades para todas as idades

Com o tema Acabe com a Poluição Plástica, pretendemos fazer o visitante do Bosque da Ciência refletir sobre as consequências de suas atitudes e sobre como ele pode ajudar a preservar a vida na terra. 

 

Da Redação - Ascom Inpa

Foto: Acervo Ascom

 

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amaz√īnia (Inpa/MCTIC) realizar√° de 05 a 10 de junho diversas atividades em alus√£o √† Semana do Meio Ambiente que este ano chamar√° o aten√ß√£o do p√ļblico para o tema Acabe com a Polui√ß√£o Pl√°stica. Com uma¬†programa√ß√£o¬†diversificada para todas as idades, exposi√ß√Ķes, visitas, palestras e jogos ser√£o desenvolvidos no Bosque da Ci√™ncia, espa√ßo de visita√ß√£o p√ļblica do Instituto. A entrada ser√° gratuita.

 

A Semana √© organizada pela equipe do Bosque da Ci√™ncia, que faz parte da Coordena√ß√£o de Extens√£o do Inpa. Ser√£o brincadeiras de pinturas e charadas, jogos de educa√ß√£o ambiental do Laborat√≥rio de Psicologia e Educa√ß√£o Ambiental (Lapsea), visitas guiadas e a participa√ß√£o dos visitantes na alimenta√ß√£o dos jabutis e tartarugas da Amaz√īnia no Centro de Estudos de Quel√īnios da Amaz√īnia (Cequa) - o primeiro centro do mundo especializado em estudos de quel√īnios de √°gua doce.

 

semanameioambienteINPA

 

De acordo com a coordenadora de Extens√£o do Inpa, a pesquisadora Rita Mesquita, as atividades no Bosque tratar√£o das consequ√™ncias da polui√ß√£o pl√°stica sobre a vida de todos. Conforme a Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU) aproximadamente oito milh√Ķes de toneladas de pl√°sticos v√£o parar nos oceanos todos os anos. O organismo estima que se continuar assim, em 2050, haver√° mais pl√°stico no mar do que peixe. A campanha da ONU #MaresLimpos pelo fim da polui√ß√£o dos oceanos por pl√°sticos √© a maior da hist√≥ria.

 

‚ÄúPretendemos fazer o visitante refletir sobre as consequ√™ncias de suas atitudes e pensar sobre como ele pode ajudar a preservar a vida na terra‚ÄĚ, disse Mesquita. ‚ÄúEste √© o caso quando mostramos ao visitante a alimenta√ß√£o das tartarugas e jabutis, ou os tanques de peixe-boi, pois nos rios e oceanos este √© um dos grupos mais afetados pela ingest√£o de grandes quantidades de pl√°stico descartado de maneira indevida em nossas √°guas, e que leva os animais a deforma√ß√Ķes, doen√ßas e morte. Sem falar da ca√ßa ilegal‚ÄĚ, ressaltou.

 

Ainda conforme Mesquista, o mesmo se pode falar da atividade de observa√ß√£o dos insetos, das trilhas na floresta, e no lago amaz√īnico, onde al√©m da polui√ß√£o por pl√°stico, tamb√©m se deve pensar em outras, como por esgotos, lixo ou at√© o desmatamento. ‚ÄúTamb√©m queremos que o visitante sinta o conforto e a tranquilidade que s√≥ a natureza, nossas √°rvores e fauna silvestre podem nos proporcionar, com os servi√ßos ambientais que fazem nossa vida muito melhor. A experi√™ncia no Bosque √© sempre de aprendizado e lazer para todos‚ÄĚ, complementou.

 

Tamb√©m haver√° uma atividade com os visitantes para conhecer as plantas do Bosque. O pesquisador do Inpa, o bot√Ęnico Cid Ferreira, descobridor da Coccoloba, a maior folha do mundo, afirma que a maioria dos visitantes do Bosque da Ci√™ncia se surpreende com as riquezas naturais que esse importante fragmento na zona urbana de Manaus possui.

 

Os visitantes far√£o com o pesquisador uma visita guiada sobre as plantas amaz√īnicas do bosque, na quarta-feira (6), das 10h √†s 12h. Na oportunidade, o participante poder√° conhecer sobre o pau-rosa, a andiroba, o mogno, o guaran√°, a sapota, a uva-da-amaz√īnia, entre outras plantas do bosque, uma √°rea verde de 13 hectares em pleno centro urbano de Manaus.

 

Na quinta-feira (7), a organiza√ß√£o far√° uma visita guiada ao Lago Amaz√īnico, onde podem ser encontradas v√°rias esp√©cies da fauna e da flora amaz√īnica como tartarugas, p√°ssaros, peixes, insetos aqu√°ticos, al√©m de ser um ponto que oferece oportunidade de descanso depois da caminhada pelas trilhas e de contempla√ß√£o da natureza.

 

SiteBosqueFotoAcervoAscomInpa

 

 

Sexta-feira (8), nos dois turnos e no s√°bado (9) pela manh√£, as crian√ßas ter√£o a oportunidade de participar da observa√ß√£o de insetos, brincadeiras de sensibiliza√ß√£o ambiental como de pinturas, alimenta√ß√£o de quel√īnios e medi√ß√£o de √°rvores.

 

Durante a semana ser√° realizado um ciclo de palestras. Dentre as palestras est√£o A qu√≠mica de √°gua e classifica√ß√£o de rios da bacia amaz√īnica com pesquisador colaborador Eduardo Rios Villamizar, na quarta-feira (06), e Ecossistema Rip√°rio, com a pesquisadora do Inpa Ana Rosa Tundis Vital, na quinta-feira (07), ambas √†s 10h.

 

Sobre o Bosque

 

Localizado na zona urbana de Manaus, na rua Bem-te-vi, s/n¬ļ, Petr√≥polis, zona sul da cidade, o Bosque da Ci√™ncia no decorrer dos anos tornou-se tamb√©m uma op√ß√£o de lazer e turismo de natureza. O espa√ßo tem uma variedade representativa de elementos da Amaz√īnia (fauna e flora) e da cultura da regi√£o, por meio da exposi√ß√£o permanente da Casa da Ci√™ncia, das atividades no Paiol da Cultura e das v√°rias etnias que exp√Ķem artesanatos na Maloca Ind√≠gena.

 

Funciona de terça a sexta-feira, das 9h ás 12h e das 14h às 16h (portaria), e sábado e domingo das 9h às 17h com entrada até uma hora antes. O ingresso custa R$5, mas crianças até 10 anos e idosos a partir de 60 anos não pagam, além das visitas de grupos escolares agendados. Interessados podem acessar o endereço para agendamento http://abc-bosque.inpa.gov.br/.

 

O Bosque da Ci√™ncia recebe, por ano, cerca de 120 mil visitantes, mais da metade formado pelo p√ļblico infantil, estudantes de escolas agendadas e outros que possuem entrada gratuita. Em 2014, o espa√ßo ficou em terceiro lugar entre os dez melhores zool√≥gicos e aqu√°rios do Brasil e o s√©timo na lista dos 25 da Am√©rica do Sul no Pr√™mio¬†Travellers‚ÄôChoice¬†da TripAdvisor.

Circuito da CiÔŅĹncia
Mapa
Voce Sabia
Atracoes